Nenhuma resposta para esta criança


Várias vezes me perguntei: por que você não gostava de mim? Lembro-me de expressar o meu desejo de esquecê-la e mesmo depois que deixou de conversar comigo, não consegui me livrar desse questionamento: por que você não era atenciosa comigo? Hoje existe uma imensa separação geográfica entre nós, que me parece bem pequena quando comparado ao distanciamento de nossos sentimentos. Mas o que você sentia por mim? Sei que numa fase da minha vida, eu admirei muito você. Experimentei as suas roupas, provei o seu perfume, a sua maquiagem e coloquei minha boneca para dormir. Você se lembra disso? No seu aniversário eu escondi o seu presente e espalhei várias pistas pela casa para que pudesse encontrá-lo. Era só um vaso de flores que eu mesma havia comprado. Em compensação, você me dava muitos presentes, mesmo que eu não conseguisse aproveitar todos. Havia uma babá para brincar comigo, mas eu gostaria que fosse você ao meu lado. Onde você estava? Depois que você saiu de casa, eu nunca iria saber o que responderia para mim. E durante muito tempo continuei sozinha em busca de muitas outras respostas. “É assim que se descobre o mundo”, dizem… Mãe, você acha que aquele garoto vai gostar de mim? Será que eu devo sair com ele? Mãe, você sabe o que ele fez comigo? Como eu faço para essa dor passar depressa!? Por que ele fica me perseguindo? Por favor… o que eu faço para isso acabar de uma vez por todas!? Não sei. Ainda não sei. Mais uma vez tentarei simplesmente esquecer que sou sua filha. Peço que me perdoe por não conseguir mais lhe desejar um “feliz Dia das Mães”, embora acredite que qualquer pessoa mereça a felicidade.

(Sobre a autora, clique aqui)

Anúncios

12 comentários sobre “Nenhuma resposta para esta criança

  1. Oi princesinha,

    Ainda hoje, mesmo antes de ler seu novo post, olhei a foto de minha mãe que tenho no meio dos livros e pensei “Puxa, como eu te amo!”. Se há alguém que realmente ame é ela. Fez tudo, mas mesmo tudo para me fazer feliz. E não consigo sequer imaginar como será não ter uma mãe. Uma amiga minha sofre disso todos os dias, sua mãe a deixou em casa da avó quando ela tinha cinco aninhos para ir viver com um homem e hoje a visita de dois em dois meses ou nem isso. É muito triste não ter mãe…

    Você é muito corajosa, sabia? Porque você superou tudo isso, andou em frente! Minha amiga está ainda parada no tempo, mal consegue enfrentar a vida. Chora e culpa todos os males dos seu passado para não viver e seguir em frente no Presente. Você está seguindo sua vida!! E se ela não foi mãe para você, princesinha, então você lhe mostrará o que é ser mãe quando tiver seus filhos e os amar mais que qualquer coisa no mundo! Não são os problemas que a definem, mas como você lida com eles! Força, não se vá abaixo por quem NUNCA a mereceu!

    Beijinhos com muito amor
    Soraia

    • Oi, Soraia!
      Eu até demorei para responder os comentários desse post, porque é um assunto que eu não estava mais com vontade de falar. Mas os comentários me fizeram muito bem =)
      Um dos meus principais objetivos é ser mãe, não porque eu quero provar para mim mesma que posso ser melhor do que minha mãe, mas porque quero sentir como é ter uma família mais uma vez. É complicado pensar nisso, considerando que a vida que eu levo e também a ausência de um homem por que eu tenha interesse.
      É horrível eu não poder contar com a minha mãe e isso me deixa com raiva. Às vezes eu também tenho a tendência de culpá-la por muitas situações ruins que se passaram na minha vida, embora eu não deveria. Complicado…
      Querida, muito obrigada, de verdade, por deixar esse recadinho. Imagino que eu estaria me sentindo muito mal se não tivesse esse blog.
      Beijinhos com muito amor!

  2. Sabia que vc escreveria alguma coisa sobre esta data. Li os outros textos sobre a sua relação com ela. Mãe é sempre uma palavra mt difícil.
    Sou mãe e já não tenho mais minha mãe ao meu lado.
    Sou filha unica e tenho um único filho.
    Se pudesse te falar alguma coisa seria: FALE COM ELA! PROCURE ELA!
    Agora vc já é adulta e vai ver nela uma mulher que tem defeitos, erros e acertos.
    O fato dela ser sua mãe vc nunca vai poder esquecer, porque o nome não pode ser tirado dos seus documentos, mas vê-la apenas como uma pessoa qualquer ajuda muito a desmistificar essa figura tão difícil que é a da MÃE…..
    Todo meu carinho
    Milie

    • Oi, Milie!
      Eu já pensei várias vezes em procurar minha mãe (confesso que nem sei mais onde ela mora), mas o que eu poderia dizer para ela? Hoje eu sou uma garota de programa e provavelmente ela iria me condenar por essa decisão. Além de não sentir afinidade por ela, ainda correria o risco de ser ofendida. Bom, talvez seja menos pior que eu tente tratá-la com indiferença. Mas eu não consigo. Eu não sinto sua falta, infelizmente, sinto mais uma aversão por ela. Queria mesmo era ter outra mãe. Correria o risco de ter uma pior que ela, mas arriscaria, porque depois do que passei, acho que estou preparada para qualquer uma.
      Sempre gosto muito de ler os seus recadinhos, querida! Sou muito grata pelas vezes que me ajudou por aqui.
      Um grande beijo! E até a próxima!

  3. Me deu um aperto…
    É a primeira vez que leio o seu blog, li alguns dos texto e escolhi deixar um comentário nesse…
    Você parece ser uma pessoa incrível, no sentido mais real possível da palavra.
    Devo aparecer por aqui outro dia.
    Um abraço.

    • Oi, Ítalo!
      Bom, você escolheu um post meio dramático para deixar um primeiro comentário. Mas certamente, foi o melhor lugar que eu poderia lê-lo.
      Espero ansiosa pela sua próxima visita. Não demore muito, ok?
      Muito obrigada pelo comentário!
      Beijos, beijos, beijos!

  4. Oh. Baby, pra variar estou lendo seu post de maneira atrasada(sou um admirador novo);desculpa mas não sei bem o que te dizer após ler seu post. Dizem que as perdas fazem parte da vida e nos tornam mais fortes. Será isso mesmo?? Ou será que perdas só me fazem ficar menos insensível? Eu só sei que as perdas nos causam muita dor; dor essa tão forte que só o tempo, senhor de tudo, é capaz de amenizar ou apagar. Sinto-me tocado pela sensibilidade como escreveste sobre um tema tão doído. Está vendo, enrolei e nada estou dizendo que possa te ajudar? Quanta arrogância minha hein, tão frágil quanto você diante de perdas…Será que uma “parte da gente” morre quando perdemos alguém querido?Que partes seriam essas? Beijos Ayana.

  5. “Me Llaman Calle” (tradução) (Manu Chao)
    Me chamam rua, pisando no piso A revoltada e tão perdida Me chamam rua, rua de noite, rua de dia Me chamam rua, hoje tão cansada, hoje tão vazia Como maquininha pela grande cidade

    Me chamam rua, subo no seu carro Me chamam rua de alegria, rua dolorida Rua cansada de tanto amar Vou rua abaixo, vou rua acima Não me rebaixo nem pela vida Me chamam rua e esse é meu orgulho Eu sei que algum dia chegará, eu sei que um dia virá minha sorte Um dia virá me buscar, na saída um homem bom Para toda a vida sem pagar, meu coração não é de aluguel

    Me chamam rua, me chamam rua Rua sofrida, sua triste de tanto amar Me chamam rua, rua mais rua

    Me chamam rua, a sem futuro Me chamam rua, a sem saída Me chamam rua, rua mais rua A que mulheres da vida Sobem pra baixo, baixam pra cima Como maquininha pela grande cidade

    Me chamam rua, me chamam rua Rua sofrida, sua triste de tanto amar Me chamam rua, rua mais rua

    Me chamam sempre e a qualquer hora Me chamam linda sempre que calculo errado Me chamam puta, também princesa Me chamam rua, é minha nobreza Me chamam rua, rua sofrida, rua perdida de tanto amar

    Me chamam rua, me chamam rua Rua sofrida, rua triste de tanto amar

    Para a Puri, para a Carmen, Carolina, Bibiana, Nereida, Magda,Marga, Heidi, Marcela, Jenny, Tatiana, Rudy, Mónica, María, María..

    Me chamam rua, me chamam rua Rua sofrida, rua triste de tanto amar Me chamam rua, me chamam rua Rua sofrida, rua triste de tanto amar Me chamam rua, me chamam rua Rua sofrida, rua triste de tanto amar Me chamam rua, me chamam rua.

  6. “Me Llaman Calle” (Manu Chao)

    Me llaman calle, pisando baldosa
    La revoltosa y tan perdida
    Me llaman calle, calle de noche, calle de día
    Me llaman calle, hoy tan cansada, hoy tan vacía
    Como maquinita por la gran ciudad

    Me llaman calle, me subo a tu coche
    Me llaman calle de malegría, calle dolida
    Calle cansada de tanto amar
    Voy calle abajo, voy calle arriba
    No me rebajo ni por la vida
    Me llaman calle y ése es mi orgullo
    Yo sé que un día llegará, yo sé que un día vendrá mi suerte
    Un día me vendrá a buscar, a la salida un hombre bueno
    Pa toa la vida y sin pagar, mi corazón no es de alquilar

    Me llaman calle, me llaman calle
    Calle sufrida, calle tristeza de tanto amar
    Me llaman calle, calle más calle

    Me llaman calle la sin futuro
    Me llaman calle la sin salida
    Me llaman calle, calle más calle
    La que mujeres de la vida
    Suben pa bajo, bajan para arriba
    Como maquinita por la gran ciudad

    Me llaman calle, me llaman calle
    Calle sufrida, calle tristeza de tanto amar
    Me llaman calle, calle más calle

    Me llaman siempre, y a cualquier hora
    Me llaman guapa siempre a deshora
    Me llaman puta, también princesa
    Me llaman calle, es mi nobleza
    Me llaman calle, calle sufrida, calle perdida de tanto amar

    Me llaman calle, me llaman calle
    Calle sufrida, calle tristeza de tanto amar

    A la puri, a la carmen, carolina, bibiana, nereida, magda,
    Marga, heidi, marcela, jenny, tatiana, rudy, mónica, maría, maría

    Me llaman calle, me llaman calle
    Calle sufrida, calle tristeza de tanto amar
    Me llaman calle, me llaman calle
    Calle sufrida, calle tristeza de tanto amar
    Me llaman calle, me llaman calle
    Calle sufrida, calle tristeza de tanto amar
    Me llaman calle, me llaman calle

Compartilhe também sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s